Neste mês de setembro, a Prefeitura de Teresina fará a entrega da primeira unidade da zona rural do Serviço Amor de Tia, que atenderá mulheres em situação de vulnerabilidade ou violência, acolhendo também suas crianças. Para isso, foi realizada nesta terça-feira (08), uma reunião de alinhamento técnico com representantes das secretarias municipais que irão promover ações de forma conjunta dentro do serviço.

O Amor de Tia Sul II, localizado no Povoado Salobro, foi projetado para atender 100 mulheres e 100 crianças, nos turnos manhã e tarde. Além de trabalhar o empoderamento feminino, o serviço envolve diversas políticas, como saúde, assistência social e o componente econômico.

Para a Secretária Executiva da SMPM, Maria Helena Santos, o momento de inauguração da nova unidade marca a efetividade de expansão do Serviço Amor de Tia na cidade de Teresina e contar com  parcerias e novas atividades é sempre muito importante.

“Sempre tivemos em mente essa ideia de expandir o serviço para mais mulheres e agora isso se efetivará mais uma vez. Essa unidade na zona rural vai ser trabalhada com um olhar diferente, ela tem uma característica diferente da zona urbana, então requer um olhar específico, e agregar outras secretarias com novas propostas é sempre válido e bastante relevante”, destaca.

A unidade da zona rural contará com uma novidade, a academia popular. “O espaço será destinado ao atendimento às mulheres, com o objetivo de trabalhar a autoestima, estimular o bem-estar e uma melhor qualidade de vida”, pontua o secretário executivo da Semel, Francinélio Ribeiro. Ainda, segundo o mesmo, a academia também ficará aberta para a comunidade.

No momento inicial, por conta da pandemia será realizado apenas o monitoramento com as crianças, para as mães participarem das atividades oferecidas pelo serviço. Com as crianças, as atividades só serão iniciadas no espaço de acordo com o cronograma da Secretaria Municipal de Educação (SEMEC).

O Serviço da Prefeitura de Teresina, coordenado pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SMPM), deve contar ainda com a parceria da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL), Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI) por meio do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), Secretaria Municipal de Educação (SEMEC), Fundação Wall Ferraz (FWF) e  Fundação Municipal de Saúde (FMS).