O projeto é constituído por grupos de homens em processos judiciais, envolvidos no cenário de violência contra as mulheres Fotos(Ascom/SMPM)

A Secretaria da Mulher e a 10ª Promotoria de Justiça de Teresina realizaram, na manhã desta terça-feira, 29, roda de conversa com a quinta turma do projeto Reeducar, que acompanha homens envolvidos no contexto da violência doméstica contra a mulher. O encontro ocorreu na sede do Ministério Público do Piauí (MPPI), na zona Leste de Teresina.

O projeto é constituído por grupos de homens em processos judiciais, envolvidos no cenário de violência contra as mulheres e tem o intuito de sensibilizá-los quanto ao reconhecimento do ato.

Este é o oitavo encontro do módulo, onde cerca de dez homens participaram. O técnico Marcus Magalhães, do núcleo de Planejamento, da secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres de Teresina (SMPM), debateu o tema sobre masculinidade. Os participantes receberam um laço branco como ato de empatia e tolerância no enfrentamento a qualquer violência ao público feminino. A origem da Campanha Laço Branco surgiu no Canadá.

“A proposta do Reeducar é desconstruir essa cultura machista e levar aos participantes a não reincidência no comprometimento de situações de violência”, comentou a promotora de justiça Amparo Paz, titular da 10ª Promotoria de Justiça de Teresina, coordenadora do projeto.

A psicóloga e assessora de promotoria do MPPI, Cynara Veras, explica que, no decorrer do ano, ocorrem nove encontros onde a equipe multidisciplinar do projeto, em parceria com outras instituições e órgãos, abordam diversos temas o que têm contribuindo para o grupo. A primeira turma do projeto iniciou suas atividades em outubro de 2016. “Trabalho as diferentes experiências que eles vivem para garantir que as mulheres não sejam violentadas”, conta.

Thatyana Lima, do Núcleo de enfrentamento da SMPM, conta que um dos objetivos é fazer com que os homens que participaram da iniciativa não voltem a se envolver em contextos de violência doméstica ou familiar.

O projeto Reeducar conta com a parceria da Campanha Brasileira Laço Branco, que vem sendo desenvolvida pela Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM).